terça-feira, 7 de agosto de 2012

CABAÇO


A foto peguei no Blog O Meu Avaí e, segundo a Carmem, ilustra bem a gestão de Marcelo José a frente da Gerência de Futebol do Avaí. O título é um adjetivo que peguei no Blog do nobre André Tarnowsky e se encaixa perfeitamente ao que penso desse "profissional" que aterrisou aqui na Ressacada sem pára-quedas.

Uma dúvida que está me intrigando, Jobson e Avaí já não haviam fechado um acordo? E se o jogador e seu empresário acionarem o Avaí judicialmente para que o contrato seja cumprido? Com a palavra os advogados/leitores de plantão.

2 avaianos comentaram:

Diego Cordeiro disse...

Imagina se o Avaí estivesse tão confiante quanto alguns "entendidos" e não realizasse uma consulta na CBF?
E olha que isso quase aconteceu hein, o próprio advogado do clube (Sandro Barreto) desmentiu essa possibilidade na sexta-feira, e só foram verificar a situação porque avisaram na rádio Guarujá, com intermédio do Rui Guimarães... aposto que na hora os dirigentes do Avaí começaram a tremer na base..

Era capaz do Jóbson disputar uns 15 jogos pelo Avaí e depois algum clube denunciar a irregularidade.
Aí já viu né... seria rebaixado com menos menos que o Ipatinga... vejamos pelo lado positivo, o mico de não apresentar foi menos pior do que um rebaixamento pra Série C, parabéns a Diretoria e a todos os envolvidos, uahauhauahauahau

E a conclusão que tiro dessa história é que não deviam ter demitido o Arini.
Ou que tivessem mandado embora junto com o Mauro Ovelha então, mas demitir após o título estadual foi sacanagem.
Por mais que ele tivesse algumas deficiências, era muito mais profissional e experiente que o Marcelinho Paulista.
A única explicação pra sua demissão seria a chegada de uma parceria, apenas isso justificaria uma mudança na gerência de futebol antes de iniciar uma Serie B.

Como pudemos perceber, a parceria não veio e isso acabou com o planejamento para o resto do ano.
Esse Marcelinho Paulista veio sem jogadores, parceiros, dinheiro... ou seja, não agregou em nada.
Agora chega, tem que demitir esse cara o quanto antes, dar uma satisfação para a torcida e ajeitar esse departamento de futebol que está cada vez mais amador. Se o presidente não fizer nada, é porque tem algum esquema por trás. As críticas serão voltadas ao Marcelinho, mas o presidente não escapará dessa também, pois pecará por omissão... cadê as contratações?

Bruno Carvalho - Resistência Avaiana disse...

Diego,

O amadorismo toma conta do Avaí. É dirigente que vem do Rio de Janeiro pra encher a cara na ilha, é dirigente que vemd e São Paulo sem nem conhecer o regulamento. É presidente omisso, conselho decorativo e por aí vai.

Por mais que Maria e seus comandados deem o sangue, sempre vai ter algo pra atrapalhar. Seja a falta de jogadores, a falta de incentivo, as lambanças e por aí vai.

Enquanto não houver eleições e o João for sibstituído por alguém com a cabeça no lugar, a coisa não vai melhorar.

Anota aí, estamos em oitavo na tabela, mas se não vierem reforços (que possam jogar) a coisa vai degringolar.

Abs.

  ©Resistência Avaiana - Todos os direitos reservados.

Modificado por MTblogger | Template by Dicas Blogger | Topo