sábado, 25 de junho de 2011

Um sonho realizado aos 100 anos

Abaixo reproduzo na íntegra uma reportagem publicada no Site do Avaí sobre Dona Ilda Olegário Santos, de 100 anos de idade, sendo que 88 deles tem sido de amor pelo Avaí.


Dona Ilda Olegário Campos, que chegou ao centenário no último dia 14, conheceu a Ressacada e os jogadores nesta quinta-feira

Cem anos. Vocês podem imaginar o que significa isso? São dez décadas, 1,2 mil meses, 36,5 mil dias, 876 mil horas e 52,5 milhões de minutos. Esses números especificam a matemática do tempo e da vida que passa mas que também é duradoura.
 
Você já parou para pensar o que representa chegar aos 100 anos e ter ainda um grande sonho? É possível e o caso de Dona Ilda Olegário Campos, torcedora fanática do Avaí. Dona Ilda chegou ao centenário no último dia 14 de junho e fez apenas um pedido à família: “Quero ir à Ressacada conhecer os jogadores”.

Acompanhada de uma neta e de um bisneto, Dona Ilda chegou sorridente, sem qualquer tipo de indisposição. Pelo contrário, trouxe ânimo, alegria e bom astral. Junto com ela, vieram dois quadros que são guardados como relíquias, com fotos do time Campeão Catarinense de 1973.
 
Logo na chegada, Dona Ilda foi recepcionada pela Diretora Social do Clube, Nesi Furlani, e encontrou o atacante William. Entre um papo e outro, ela revelou que no dia dos jogos fica muito nervosa e às vezes não consegue acompanhar a partida. Nem pelo rádio.
 
Depois de conversar com o presidente João Nilson Zunino e com o Gerente de Futebol, Mauro Galvão, a torcedora recebeu uma camisa oficial das mãos do técnico Alexandre Gallo. Sem vaidade, Dona Ilda conversou com o grupo de jogadores e disse que eles precisam ter fé. “Vocês, acima de tudo, devem acreditar em Deus e ter fé no que fazem. Só assim o Avaí vai melhorar em campo”, disse Dona Ilda.
 
Após as fotos com o grupo profissional, a torcedora de 100 anos entrou no carro e voltou para o Bairro Capoeiras, no Continente, onde mora há 12 anos. Nascida no Centro de Florianópolis, Dona Ilda Olegário Campos é viúva e tem 12 filhos, o mesmo número da idade que ela tinha quando o Avaí foi fundado, paixão que carrega no coração há quase 88 anos.

Foto: Avaí F.C.

5 avaianos comentaram:

Guilherme Flemming disse...

Nada como uma visita destas para animar o grupo. Parabéns Dona Ilda

Serjão Jr disse...

Sinto emocionado. Se fosse dirigente e jogador chorava de vergonha por tudo que estao proporcionando aos Avaianos em especial a essa senhora. Nada mais a acrescentar.

Bruno Carvalho - Resistência Avaiana disse...

Gui e Serjão,

Se colocar a Dona Ilda pra jogar, ela joga mais que o Bruno, tenho certeza.

Abs.

Sérgio disse...

Deveriam aproveitar a oportunidade para aprender a ter vergonha na cara.

Ariely Dlouhy disse...

aaaeew !!! que fofaaa minha bisa lindaa tá aii s2 tii amoo bisa .. lindoo aniver de avaii .. ameii ..

  ©Resistência Avaiana - Todos os direitos reservados.

Modificado por MTblogger | Template by Dicas Blogger | Topo