sexta-feira, 13 de maio de 2011

Opa, pera lá almirante!

A vitória de ontem deu novo ânimo ao Avaí, isto é fato, agora dizer que a vitória de ontem veio da capacidade estrategista do Professor Silas e seu irmão, aí já é demais, neste momento.

Tenho "ouvido" algumas pessoas falando que Sila venceu por usar uma estratégia inovadora, uma formação nunca vista ou algo parecido. Sejamos francos, ele jogou com o que tinha nas mãos e com o que 87% da torcida já vinha pedindo....

Se tivéssemos perdido a partida de ontem, os mesmos avaianos que estão chamando Silas de estrategista estariam malhando o pau, dizendo que a formação avaiana foi errada, que Diogo Orlando não presta pra jogar no Avaí e Silas não vê isso, que usar Romano nesse time é o mesmo que comprar uma moto dois tempos e por aí vai...

Sila (e seu intérprido) irmão tem muito o que fazer ainda pra reconquistar a confiança do torcedor, não é porque vencemos um jogo que vou dizer que ele está no caminho certo, credito a vitória de ontem mais ao espírito guerreiro dos jogadores do que a estratégia traçada na prancheta. Mas não vou dizer que estamos no caminho errado, acho que o caminho é mais ou menos por aí, quem sabe um pouco mais pra esquerda, um pouco mais pra trás, e definitivamente, bem mais pra frente.

Que venha o Vasco da Gama, e que Rafael Coelho bata os pênaltis...

8 avaianos comentaram:

Alexandre Carlos Aguiar disse...

Concordo plenamente com o amigo. Não é porque ganhu que virou deus na Ressacada. o sirizinho do balaio dele tá murcho.

Alessandra Vanessa disse...

Mas vocês tem que reconhecer uma coisa... conseguir no meio do trabalho uma motivaçãozinha de começo de trabalho de Benazzi e Lopes, e ainda ter um time melhor postado taticamente em campo, é porque o cara tem o time na mão, e isso não é para muitos no mundo do futebol... vide Felipão e Carpegiani, por exemplo. Falo de Silas e Avaí, não flamengo ou grêmio :)

RODRIGO disse...

Caro Bruno concordo com seu comentário, ele teve méritos sim em ver que não estava dando certo e mudar antes do primeiro tempo. No segundo tempo, eu vi os primeiros 20 minutos que eu não havia visto o ano todo, um time forte na marcação pressão e com posse de bola. Porém a hora que o treinador do São Paulo meteu mais um atacante Silas recuou novamente chamando o SP para cima. Sorte que Acleisson entrou bem e que depois ele colocou Mauricio Alves no lugar de Marquinhos que estava cansado. Eu gosto de ver o AVAI com personalidade, marcando pressão a com posse de bol e isso não sei se Silas ira fazer. Porque de não fazer? Isso é um mistério!

Anônimo disse...

"MO QUIRIDO" - BRUNO...CONCORDO PLENAMENTE COM SUA EXPOSIÇÃO. PRÁ MIM, CONTINUO ACHANDO NOSSO COMANDANTE UM "TRENEIRO". TEVE MAIS SORTE DO QUE JUÍZO. ENTROU COM DOIS ALAS (RESCUSSITOU O ROMANO) E DESLOCOU O JULINHO PRÁ FRENTE. TRINTA MINUTOS APÓS CORRIGIU A CAGADA, COLOCANDO O JULINHO NO LUGAR CORRETO E SACANDO O ROMANO. PERDEU DE CARA UMA SUBSTITUIÇÃO. NÃO ALTERO UMA SÓ PALAVRA QUANTO AO NOSSO "TRENEIRO", MESMO PORQUE UMA VITÓRIA NÃO QUER DIZER ABSOLUTAMENTE NADA.

RICA - JÚLIO RICHARD CÂMARA.

Bruno Carvalho - Resistência Avaiana disse...

Alessandra,

Discordo, acredito que Sila não tenha o time na mão, diferente de sua primeira passagem por aqui, dessa vez ele não tem o grupinho da igreja dele e nem as costas quentes como tinha da outra vez.

E see pararmos para analisar... Sila não sabe escalar o time do Avaí, em 2009/2009 ele tinha um belo elenco, quem sabe até o meio do ano esse elenco esteja a altura daquele (coisa que eu duvido...)

Sds.

Bruno Carvalho - Resistência Avaiana disse...

RODRIGO,

Acho Sila meio retranqueiro, parece que tem medo de soltar o time, ou vai ver acredita ele que não tenha time pra soltar...

Enquanto faltarem algumas peças, fica difícil pra ele, eu entendo, mas é como diz o ditado, quem não tem cão caça com gato.

Nesse último jogo, ainda vi alguns detalhes que precisam ser corrigidos, mas vi um time com mais cara de time. Agora teremos que esperar o jogo contra o Vasco pra ver se aquele esquema foi bem motado ou não passou de sorte...

Abs

Bruno Carvalho - Resistência Avaiana disse...

Rica,

Julinho tem se mostrado um bom jogador, mas convenhamos, ele não é atacante né, pra ser atacante tem que ser de ofício. Caso contrário põe o irmão do Marquinhos pra jogar lá na frente, pq lá em Biguaçu ele jura que é atacante.

Romano nem deveria estar no Avaí, me recuso inclusive a comentar...

Precisamos do Willa e R. Coelho no ataque, o resto do time tem que jogar nas posições de origem. E no meio temos OBRIGATORIAMENTE que ter alguém jogando com o Galego.

Quer muito ver esse jogo contra o Vasco, tenho quase certeza que ele não sai jogando com o mesmo time que jogou contra o São Paulo, pode anotar.

E o Renan? Será que agora tomou jeito? Me dá mais medo que a Cuca ele...

Abs

  ©Resistência Avaiana - Todos os direitos reservados.

Modificado por MTblogger | Template by Dicas Blogger | Topo