quarta-feira, 17 de junho de 2009

AINDA EXISTE AMOR À CAMISA?

Algumas fontes dão como certa a saída do atacante Evando para a Ponte Preta/SP, segundo informações o atacante teria iniciado negociações diretamente com o clube Paulista (e não foi a primeira vez que ele fez isso...) que atualmente disputa a série B do Campeonato Brasileiro. O fato nos faz pensar, ainda existe amor à camisa?

Já não é de hoje que os clubes transformaram-se em empresas, o futebol não mais possui aquele status lúdigo onde tinhamos jogadores apaixonados e ganhando pouco, o amor deu lugar ao dinheiro, essa é a verdade...
Aquele gesto de beijar a camisa nos dias atuais torna-se nauseante aos olhos do torcedor, quando vejo um jogador beijando a camisa do time que defende (enquanto durar o contrato...) penso na reação do torcedor ao ver seu manto sagrado babado por mais um passageiro.


O que mudou de... 50 anos para cá? Absolutamente tudo, antigamente o futebol não colocava comida na mesa, os jogadores vestiam a camisa por amor, defender as cores do seu time era uma grande honra e ninguém cogitaria trocar um amor verdadeiro por alguns trocados e ir jogar no time rival. No entanto, os tempos hoje são outros, o leitor sabe quanto custa um apartamento mobiliado, um carro importado ou aquele tenis de 56 molas?

A bem da verdade, é que somente o torcedor é que tem amor à camisa, esse sim, carrega no peito todo o seu amor.

Voltando a questão Evando, já é do conhecimento de todos que a vontade de ir para a Ponte Preta partiu do atleta, ou seja, ele não deseja mais jogar no AVAÍ. Isso pra mim, já estava claro bem antes do episódeo envolvendo o jogador e alguns CABEÇAS DE BAGRE na Ressacada, quem não se lembra das palavras dele quando disse que "Minha vontade é ganhar o estadual e ir embora no dia seguinte"?

Tais declarações teriam sido feitas num momento de nervosismo onde o jogador estava com a cabeça quente? P*@ nenhuma, ele não esta feliz no avaí e indiretamente já vinha demonstrando isso. O que me incomoda é o fato dele após o episódio, ter feito declarações de amor ao clube, e agora quer deixar o AVAÍ? A imprensa diz que ele está insatisfeito com atraso no pagamento... Eu desconheço qualquer atraso do AVAÍ em pagar o jogador... Mas não posso deixar de comentar que é a primeira vez que vejo um evangélico tomando decisões baseadas no dinheiro...

Avaiano nenhum pode negar a contribuição que Evando trouxe para nossa equipe, foi iluminado durante os jogos do acesso e determinante na conquista do título caratinense de 2009. Mas se o jogador realmente não está feliz aqui e deseja sair é melhor que saia, pois como ja postei aqui antes, a mesma porta que usamos como entrada é a que utilizamos para a saída.

Sai sabendo que enquanto lhe foi cômodo, jogou muito por aqui, sai levando o agradecimento de toda uma nação azul e branco, porém não espere fogos ou placas comemorativas, porque quem troca o nosso amor por dinheiro não merece fogos ou placas. E antes que alguém me questione "Mas será que ele não quer ir pra Ponte Preta pra ter maior visibilidade?". Caro leitor, visibilidade tu tens jogando na Série A, e convenhamos, Evando está com 32 anos, já rodou um bocado, o único lugar onde ele é estrela é no AVAÍ, se ele acha que vai virar artilherio da Série B com 32 anos, pode esquecer....

N.E.: O post acima eu escrevi há exatas duas semanas, e deixei guardado para o momento certo. Ontem no treino vi Evando, ele passou por mim, o cumprimentei, ele fez aquele "hang loose" a lá Ronaldinho Gaúcho e olhou pro chão, ali eu senti que ele não jogaria mais uma semana no AVAÍ... Desejo a ele sucesso, do fundo do meu coração.

OBRIGADO EVANDO!

1 Comentário:

Marcos TOTÔ disse...

Parabéns pelo furo Amigo!!! Esse teu novo emprego é foda!!! Vira jornalista!!! hehehehe

  ©Resistência Avaiana - Todos os direitos reservados.

Modificado por MTblogger | Template by Dicas Blogger | Topo